sexta-feira, 30 de março de 2007





Este espaço tem como função iniciar uma discussão sobre a Estratégia Nacional de Comunicação e Educação Ambiental no âmbito do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza - SNUC, conforme previsto nos objetivos e estratégias do Plano Estratégico Nacional de Áreas Protegidas - PNAP:
Objetivo Geral:
Fortalecer a comunicação, a educação e a sensibilização pública para a participação e controle social sobre o SNUC.

Objetivos Específicos:
a) estabelecer e implementar a estratégia nacional de educação ambiental, formação e qualificação para participação e controle social sobre as unidades de conservação;
b) estabelecer e implementar a estratégia nacional de comunicação, divulgação e sensibilização sobre as unidades de conservação; e
c) implantar e fortalecer o Fórum Nacional de Áreas Protegidas;

Estratégias:
a) realizar intercâmbios e outras formas de integração entre as diferentes experiências no tema educação ambiental, sensibilização e controle social em unidades de conservação;
b) realizar campanhas de divulgação das experiências bem sucedidas sobre os temas educação ambiental, sensibilização e controle social em unidades de conservação;
c) monitorar e avaliar os impactos dos programas de comunicação, educação e sensibilização pública para as unidades de conservação;
d) potencializar o espaço de comunicação do Fórum Nacional de Áreas Protegidas, divulgando-o e disponibilizando-o para a sociedade;
e) monitorar e avaliar o funcionamento do Fórum Nacional de Áreas Protegidas;
f) articular o Fórum Nacional de Áreas Protegidas aos espaços públicos sócio-ambientais já existentes;
g) promover programas de educação ambiental que viabilizem o acesso às informações e o entendimento da importância e dos benefícios das unidades de conservação e das zonas de exclusão de pesca;
h) divulgar e disseminar os benefícios advindos das unidades de conservação costeiras e marinhas para gestão pesqueira;
i) promover campanhas de sensibilização nos diversos setores de governo sobre a importância social, ambiental e econômica das unidades de conservação e de zonas de exclusão de pesca;
j) propor a incorporação do tema unidades de conservação e outras áreas protegidas aos currículos escolares formais.

2 comentários:

osiel disse...

as alternativas de se minizar o impacto tem sido de grande ajuda,e pessoas de alta qualidade profisionais e com espírito de conservadorismo sempre tem surgido para engajar-se nesta luta. Agora,eu não acredito numa educação ambiental fragmentada,para mim uma boa edução tem que ser contínua.

Iara disse...

A educação ambiental na qual acreditamos deve ser permanente, continuada e para a totalidade dos habitantes. O desafio agora é como implementar esta educação ambiental no âmbito das Unidades de Conservação.
Vocês acreditam que a estrutura do documento proposta atende às necessidades?